CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Diàrio Recôndito e Poesia
O Jornal das Palavras - Fundado em 10/10/2017.
Meu Diário
30/01/2018 00h00
CARTAS NO TEMPO - Alvoroço no meu coração

 


Por Ricardo Oliveira - oliveirapoeta.oliveira@gmail.com


 

Alvoroço no meu coração

 

Pra que fazer alvoroço no meu coração,

Quando todas as noites

Quero apenas adormecer?

É os sintomas inevitáveis,

Quando o corpo logo desperta e,

Dá os verdadeiros sinais,

Da imagem da própria mente,

No qual vem a me entorpecer.

És tu, doce ternura!

Melodia nos momentos impróprios.

E tudo me leva a crer

Na possibilidade de nunca me livrar

Destes sonhos inconvenientes.

Nada espero...

O tempo vai passar...

Mas a hora continua a mesma,

Sem pressa de se entregar.

Vou mexendo para tantos lados,

Tentando enganar a razão,

Só não conto com a alma,

Cuja paz já não quer alcançar.

Ela se perde no caminho,

E não busca orientação.

Levanto-me na intenção de dá uma trégua,

Contudo, o dia chega para dizer:

- Não irás conseguir!

Então a saudade rasga o peito,

E somente disfarça,

Quando me acostumo contigo!


Coluna escrita as Terças e Domingos.

www.cartasnotempo.blogspot.com.br


Publicado por Diário Recôndito e Poesia em 30/01/2018 às 00h00
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.