O Jornal das Palavras - Fundado em 10/10/2017.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
31/01/2018 09h22
ROSIANE FAVERO: Vestir-se = personalidade

 


Rosiane Favero - rosifavero@live.com


 

Vestir-se = personalidade

 

 

Nós somos muito suscetíveis a mudanças, situações, tendências, opiniões, críticas, enfim. E aí me refiro, as várias áreas da vida. No entanto, e também, quando o assunto é moda, antes de mais nada precisamos entender e ter a consciência do que gostamos, queremos ser e conquistar, o que nos fazem bem e nos deixa à vontade, enfim. Isso se chama, construção do meu “eu” para então, a partir disso, me expressar por meio de cores, texturas, formas, seja no vestir, calçar e adornar, que nada mais é do que exteriorizar por meio do que se usa, a vontade e desejo de ocupar um lugar no “mundo. ”

Nós nos vestimos de acordo com circunstâncias primordiais como, proteção, visto a necessidade de abrigo, ornamentação, que nos traz o elemento de diferenciação, entre outros. Neste contexto, podemos dizer que moda é “enfeitar o corpo” como construção de cultura e história que se localiza no tempo e no espaço. E é vista ainda, como a incorporação do indivíduo a sociedade, passando a ser uma fonte de estudo inclusive econômica, porque passará a existir um consumo. Ainda, podemos dizer que, o evento moda é uma identidade social que se estudado em detalhes será constatado o desejo da diferenciação, autopromoção e manifestação por cada indivíduo, pertencente a um círculo social, e de uma forma distinta. De certa forma, a moda nos permite assumir a liberdade de construir aquilo que escolhemos representar perante o nosso círculo de convívio.                                                                               

A relação entre a moda e o corpo, tal como a ligação que ambos têm com o meio social, funcionarão como bases teóricas para o entendimento de como poderemos nos vestir, assumindo a nossa personalidade.

Sabe aquele velho ditado conhecido por todos nós, que diz “o menos é mais? ” Pois é, não tem erro, e também cabe aqui. Portanto, seja você mesmo. Seja simples e sensato no vestir, e sobretudo, na sua postura perante a vida. Assim sendo, você e sua personalidade aparecerão e brilharão, num universo de muitas estrelinhas sem “brilho. ” Pense nisso.

 

“Assuma o seu jeito de ser, e seja vibrante como a vida é.”

(Rosiane Favero)


Coluna escrita as Segundas e Quartas.


Publicado por Diário Recôndito e Poesia em 31/01/2018 às 09h22
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras