CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Diàrio Recôndito e Poesia
O Jornal das Palavras - Fundado em 10/10/2017.
Meu Diário
02/02/2018 00h00
VIAJANDO NA POESIA - A jangada

 


Valmir Vilmar de Sousa - vevesousa1958@gmail.com


 

A JANGADA

 

Jangada nos leve para o mar

Nesta noite deslumbrante

Sob a luz do luar

Desejo me entregar

A um verdadeiro frenesi

De um ser apaixonado

Descontrolado

De emoções

Seduções

A luz do lampião

A refletir na água

A silhueta de nossos corpos

A bailar no mar

Com o balanço da jangada

Num movimento

De vai e vem

Uma explosão

Uma conexão

Uma paixão

Desenfreada

Em uma jangada


Coluna escrita as Sextas-feiras.


Publicado por Diário Recôndito e Poesia em 02/02/2018 às 00h00
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.