CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Diàrio Recôndito e Poesia
O Jornal das Palavras - Fundado em 10/10/2017.
Meu Diário
30/03/2018 09h22
VIAJANDO NA POESIA – Teatro


Valmir Vilmar de Sousa - vevesousa1958@gmail.com


TEATRO


Teatro, templo da arte de representar, de cantar, de dançar
Morada do ator, da atriz, operários (as) da arte.
 No palco ele (a) se manifesta e se realiza em vários personagens.
 Um dia ele (a) é um herói, outro dia um vagabundo
 Tal qual Carlitos e seu eterno vagabundo. 
Ao sinal da campainha é hora de concentração, de contrição.
Pelo seu palco se faz representar autores excepcionais
Um Carlos Drummond, Bertolt Brecht, Ariano Suassuna, Antônio Cunha
E tantos outros que escreveram sua história
Nos palcos do mundo
Seja teatro de revista, popular ou musical
Ele estar a esperar seus convidados
Convidados estes, todos especiais
Independente de posições sociais
Todos são chamados a participarem do show da vida
Afinal a vida é um show e merece aplausos
Aplausos ao teatro, aplausos aos operários (as) da arte
Que o apagar das luzes da ribalta
Seja uma breve pausa
O show deve continuar.


Coluna escrita as Sextas-feiras.


Publicado por Diário Recôndito e Poesia em 30/03/2018 às 09h22
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.