CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Diàrio Recôndito e Poesia
O Jornal das Palavras - Fundado em 10/10/2017.
Textos

SARAU DE NATAL
Hoje fui ao sarau de natal
Na casa amarela de janelas azuis
Tinha declamadores
Poetas, contistas
E contadora de história
Que contou belas histórias
Teve gente que pela vez primeira
Estivera lá para recitar
Cruz e Sousa
E a ele homenagear
Este grande poeta
Negro e desterrense
Um belo café colonial
Foi servido a todos
Pois a próxima atração
Estava por vir
Fechando com chave de ouro
Este encontro monumental
Com uma cantata de natal
Abrilhantada pela família stahelin
Rouxinóis de Boa Parada
De boa prosa.
Valmir Vilmar de Sousa (Veve) 25/11/17
Enviado por Diário Recôndito e Poesia em 28/11/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários