CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Diàrio Recôndito e Poesia
O Jornal das Palavras - Fundado em 10/10/2017.
Textos

Navegante de tua alma - Por Ricardo Oliveira
Eu venho com a esperança
De que toda a luz da lua
Emana de seus olhos.
Eles são o espelho
De uma alma linda.
Mesmo ser impossível
De vê-la em seu corpo,
Compreendo a docilidade
Essencial com que ela
Se banha eternamente.
Anseio em ser um navegante
Dos rios a te consumir por inteira.
Rios a correrem sem demora e,
Levando-me a ficar muitas vezes,
Sem reação alguma, querendo
Nesse rio se molhar.
Faz tempo...Desde a última
Alegria de poder te ver.
Não sei onde andas,
Nem o que tens feito,
Mas, reconheço tua face
Em meus maiores devaneios.

06/12/2017.
Diário Recôndito e Poesia
Enviado por Diário Recôndito e Poesia em 06/12/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários